fbpx

Todos os dias nos noticiários ouvimos algo sobre o aumento da inadimplência no País. Isso é um dos principais reflexos de qualquer crise econômica.

Essa falta de pagamentos dos clientes, impacta diretamente no fluxo de capital de sua empresa e pode prejudicar a sustentabilidade de seu negócio.

Neste artigo vamos repassar algumas dicas, que obviamente não vão zerar com número de inadimplentes da sua empresa, mas certamente vai ajudá-lo a reduzir esse tipo de problema e evitar maiores prejuízos.

 

1)  Mantenha um bom relacionamento com seus clientes

Essa dica pode parecer meio absurda, mas se você parar para pensar, vai perceber que existe uma relação direta. Afinal, quem é que gosta de ficar devendo para um amigo ou uma pessoa mais próxima? E mesmo quando isso ocorre fazemos questão de dar satisfação e planejar o pagamento.

Por esse motivo, quanto melhor e mais próximo sua relação com seu cliente, menor as chances de você levar um calote ou ficar sem receber.

 

2) Invista no pós-venda.

Um bom trabalho de pós-venda fortalece o relacionamento entre você e seus clientes e também de uma maneira ou de outra ajuda a evitar que seus clientes esqueçam os prazos de pagamento. Uma simples ligação com intuito de fazer uma pesquisa e satisfação já cumpre com esse papel e faz o cliente lembrar que tem alguma pendência com sua empresa.

E caso sua empresa não tenha nenhum contato com o cliente após a venda, ou seja, não praticar nenhum tipo de ação pós venda, quando precisar falar sobre alguma fatura vencida, vai ser mais difícil conversar com ele. Esse tipo de ação é de extrema importância para facilitar e aumentar a proximidade de sua empresa com o cliente, mostra preocupação com o cliente e profissionalismo.

 

3) Tenha um cadastro completo e sempre atualizado de seus clientes

É de extrema importância manter informações cadastrais de seus clientes sempre atualizadas no seu sistema de controle, por dois grandes motivos:

Primeiro, você consegue ter acesso a informações de contato atualizadas de seus clientes, isso é muito importante para fazer o processo de pós-venda e para caso haja a necessidade de cobrança por atraso, vocë consiga entrar em contato diretamente com ele.

E, segundo, com um sistema atualizado você tem acesso a todo o histórico de compra e pagamentos de seus clientes, sendo assim, você pode consultar esses dados antes de fornecer determinada condição de pagamento. Evitando assim, dar crédito para aquele consumidor que nunca paga as contas no prazo ou já ficou devendo em compras anteriores.

 

4) Utilize boletos como forma de pagamento

Facilite sua vida e a de seu cliente, com a cobrança através de boletos você estabelece um controle de datas e prazos e ainda não precisa que seu cliente vá até sua empresa para efetuar o pagamento, evitando que ele pegue trânsito, esqueça ou deixe para amanhã etc. Com boletos seu cliente pode pagar em qualquer agência bancária, lotérica ou até mesmo pela internet. Essa simples facilidade vai reduzir as chances dele não efetuar os pagamentos em dia.

 

5) Tenha um controle do fluxo de entradas e saídas de caixa.

Um grande problema é o cliente não pagar uma prestação, mas isso se agrava se a empresa não perceber isso. E somente sentir que algo está errado quando o dinheiro faltar. Evite que isso aconteça na sua empresa, tenha um sistema de gestão financeira eficiente e o mantenha sempre atualizado, promova um gerenciamento constante das contas a pagar e a receber.

Manter-se sempre atento ao seu fluxo de caixa é a maneira mais fácil e mais rápida de perceber falhas e, com esse controle efetivo, você poderá tomar as devidas providências antes que seja tarde demais.

Esperamos que nossas dicas possam ter ajudado ou ajudem você a manter seus recebimentos em dia.

 

 

Autor

Gamatec

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *